#Crônicas de um [quase] pai – 003


Foi ontem, é hoje, será sempre. Filho.
Finda-se a dúvida, fica-se a certeza sem preferências. Abriu-se a porta e as pernas.

20130313-105134 PM.jpg

Regado e abastecido de bastante chocolate “maternal”. Dica médica. Como é doce a (nossa) ilusão de pais estreantes: “o bebê tá desse lado; — não agora tá desse…”. Mas o bebê está de todo lado e em todo lugar agora, (grande) cresceu e apareceu, pés, braços, baço, beiço, narinas e perfil. “Sem vergonha” e sem dúvidas um “Menino” surgiu, nosso meninão, que domina e reina em todo aquele líquido amniótico, não pará, uma mão aberta e a outra definitiva fechada (igualzinho a mãe?! rs…).

Queixo ao peito e coração badalado à 140 Bpm (Km/h), assim chegamos à fase de compras de enxoval azul e ‘preto e branco’ (corinthians), misturado às disputas (saudáveis) dos avós, titios e titias, amigos e amigas que agora se apressarão a dar a peça mais querida, o perfume mais cheiroso e o nome mais estranho.

Cresce filho, aguenta dentro aí filho, seja filho aquilo que o amoroso Abba quer, oramos. Aqui fora celebramos sua espera pra gozarmos contentes sua chegada, seu choro, primeiro ato.

Ultrassom, som maior, maior dom da vida, vida alegre, feliz curiosidade de seus traços, seus olhos, assim a gente cá te espera, nosso menino.

Thiago Lima, [quase] pai.
SP. [12] 13-mar-2013

Anúncios

Deixe uma resposta, opine.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s